Comparações…

Às vezes eu me comparo com outras pessoas, não me inferiorizando a elas, mas imaginando se eu conseguiria ser como ela. Como eu reagiria enfrentando as guerras dela? Como eu seria tendo aquela profissão? Como eu ficaria perdendo o que ela perdeu ou ganhando o que ela ganhou?

Confesso: preciso parar de fazer isso!

Admiro pessoas que já passaram por tanta coisa… elas carregam uma força enorme. Pessoas que, diante de todas as dificuldades, lutaram e venceram até chegar onde almejaram. São ricas, não de bens materiais, mas de caráter, de garra e de valores.

Sobre as questões levantadas no início deste texto… não sei a resposta, mas colhi uma reflexão sobre isso. Talvez eu não tenha as mesmas experiências dos outros, mas cada um de nós temos o nosso próprio tempo, já dizia Renato Russo.

Eu tenho sonhos que almejo e eles são diferentes dos sonhos das outras pessoas. Eu acredito em coisas que elas não acreditam. Eu tenho uma história diferente da delas. Então, creio que tudo acontece conforme precisa acontecer.

Minhas conquistas podem não vir agora, mas virão, e as minhas reações irão revelar o que tenho nutrido dentro de mim. Não adianta querer me colocar no lugar de outra pessoa, pois cada um de nós carregamos uma bagagem diferente. Nossas escolhas são diferentes, nosso passado é diferente e nosso futuro será diferente.

Porém, isso não significa que um é melhor que o outro, mas que cada um foi destinado a um propósito e nos basta realizá-lo de acordo com a nossa vocação e o nosso caminho.

Fotografia: Clem Onojeghuo
@clemono2

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s