Construção indesejada…

Aos 30 anos de vida pensei que seria um homem maduro e sábio. Aquele que serviria de referência para as gerações que estão vindo em seguida da minha. Nesse pouco tempo de vida o que tenho aprendido e reaprendido é que nunca deixamos de aprender.  Hoje, com uma ou duas histórias para contar compartilharei uma experiência com algo amarelo que não é a minha pele.

A Depressão chegou para mim quando ainda era jovem, no caso, ainda mais jovem do que sou atualmente. Ela ganhou força porque eu sempre tive uma mente muito rápida e pouco entendia das coisas do coração. E para ser sincero ainda estou aprendendo. Sempre preocupado com o lado racional e de entender como as coisas funcionavam e porque meu coração se tornou frágil, sensível. Uma combinação muito perigosa.

Para mim, a depressão é um sentimento e como todo sentimento é muito subjetivo. É algo que vai sendo construído ao longo do tempo pela combinação de diversos fatores e que em algum momento começa a se tornar algo concreto. Alguns acontecimentos podem dar início a essa construção ou mesmo deixá-la mais forte, como a casa de concreto dos três porquinhos. Por ser um sentimento é importante saber como lidar e o que fazer com ele. Não pode ser suprimido de forma alguma.

Para poder combater essa sensação incômoda é necessário informação, coragem e apoio. É necessário entender o que porquê desse sentimento e o que pode ser feito para combate-lo. E para ser sincero ainda busco essa resposta até hoje. E enquanto a ciência, a sociedade e nós também vamos procurando a solução para erradicar essa indesejada construção tenho alguns conselhos. Crie bons hábitos, acorde cedo, arrume sua cama e tome um banho. Comece a ler livros e procure conhecer pessoas. Enquanto ocupamos nosso tempo, menos tempo teremos para a depressão. Pois, em alguns momentos, para compreender melhor é necessário se afastar um pouco.

 

Fotografia: Pietra Schwarzler

@pieschwarzler

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s