Suposições…

– Hum… Já são 23:30. Está tarde. Supondo que eu vá dormir às 00h, acordo às 05h, tomo café as 06h, saio às 07h, pego o ônibus às 7:30, chego às 8:30 na faculdade, lá faço trabalhos do meu TCC às 10h, saio da faculdade às 12h, vou almoçar às 12:30, chego no trabalho às 14h, saio às 22h, chego em casa às 23h e, me dou um tempo até as 00h.

– Ana!

– Oi!

– O que está fazendo?

– O que nasci para fazer. Superar expectativas.

– E para quem é tudo isso?

– Que pergunta! É claro que é… Bom, eu sei que estou fazendo a coisa certa.

– E o que acha de tudo isso Aquele que sempre acreditou em você?

– O Senhor me conhece, Deus. Alias, não estou fazendo nada de errado, estou apenas seguindo a vida como ela é.

– Bem que você poderia falar comigo antes de dormir.

– Eu não tenho tempo, a minha vida não para.

– Supondo que você acabe perdendo a hora e não acorde às 05h, chegue na faculdade às 09h, acabou esquecendo algumas folhas do TCC em casa, se atrasou pro almoço por causa do TCC e acabou comendo às 13h, chegou no trabalho às 14:55 porque o ônibus quebrou, todo o seu rendimento no trabalho foi diminuído por causa do cansaço e do tempo perdido. No final do dia, chega a notícia que terão de dispensar alguns funcionários onde você está incluída, para diminuir gastos. No final da noite, falaria comigo?

– Isso irá acontecer? Me perdoe, Senhor. Eu não tenho sido uma boa filha. Eu tenho me preocupado demais com as minhas coisas.

– Ana, você e muitas outras pessoas vivem supondo que tem o controle das suas vidas, e fazendo isso acabam supondo que nunca precisarão de mim. Um dia tudo isso irá acabar. E o que realmente importa? Você terá? O que terá guardado? E para quem será?

– Como posso mudar isso?

– Eu não quero que pare sua vida, só quero o seu melhor. Tudo o que fizer, faça como se estivesse fazendo para mim. Ao acordar, fale comigo! Ao sentar à mesa para comer, me imagine lá com você. Ao chegar em casa, fale comigo, imagine que eu estou o dia todo esperando você chegar para saber como foi o seu dia. Quem ama faz essas coisas; se importa. Se importa em dar e, automaticamente, recebe. E isso não é uma suposição. Não se você quiser.

Caro leitor,

Nossas vidas são cheias de suposições, e são essas suposições que nos fazem viver como se fôssemos independentementes um dos outros, até podemos ser às vezes, mas é loucura supor que podemos ser independentes de Deus. Hoje é quinta-feira, muitos de nós já estamos cansados da semana, esperando pela calmaria do fim de semana. Onde vemos a família, os amigos, curtimos mais a quem amamos, mas e Aquele que todos os dias nos abençoa com um novo amanhecer e novas oportunidades? Ele também é uma escolha a ser seguida. Será que você entende o tamanho da importância dessa escolha? O tamanho da importância que tem a vida com Deus? Você pode supor?

Fotografia: Til Jentzsch

@blickwechse

Um comentário sobre “Suposições…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s